Histórico


MUNICÍPIO DE MEDIANEIRA

Origem

Nascimento planejado em 20 outubro de 1949, na cidade gaúcha de Bento Gonçalves, quando os fundadores da Colonizadora Industrial e Agrícola Bento Gonçalves Ltda. iniciaram os estudos para a implantação do Projeto de Colonização. Para dirigir a empresa foram escolhidos para Diretores os senhores Pedro Soccol e José Callegari. O marco de fundação se deu em 24 de outubro de 1951, com a realização de uma ma missa com os colonizadores e pioneiros. Desmembrado de Foz do Iguaçu e elevado à autonomia de Distrito pela Lei n.º 99/52 de 31/07/52 e Município pela Lei Estadual n.º 4245 de 25 de julho de 1960, publicadas em 28.02.60. Instalado oficialmente em 28 de novembro de 1961.

Origem do Nome

Um grupo de colonizadores gostaria de homenagear a Nossa Senhora, de quem eram devotos; outros pensavam em dar um nome indígena à nova cidade. Enfim chegaram ao consenso que contentou todas as partes: "MEDIANEIRA", em homenagem à Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças, mesmo porque Medianeira também significa "no meio" (entre) Foz do Iguaçu e Cascavel.

Bandeira Municipal

A cor vermelho-escuro lembra a terra, o branco o espírito reinante de paz, a amizade nos corações dos habitantes ,o azul-cerúleo é a cor simbólica de justiça, lealdade, perseverança, dignidade, firmeza incorruptivel, perfeição... invocada sob o nome de Nossa Senhora Medianeira de Todas as Graças.

Brasão de Armas Municipal

A coroa de doze estrelas de cinco pontas, em metal prata é o símbolo bíblico da virgem Santíssima.